segunda-feira, 2 de abril de 2012

Documentário ana e mia

Passei o domingo todo vendo documentários.Vejo todos em inglês.Acho que todos nos EUA tem algum tipo de TA! É muito comum por lá, já que o conceito de mulher gostosa deles (vocês podem ver nos filmes e seriados, as garotas populares são sempre umas varetas) é de mulher muito magras.Já aqui, o "magra" fica só na barriga, comparada aos coxões e bundões e peitões.Ser gostosa é ser "cheia".Já lá fora a mais popular é a mais magra, aqui a mais popular é a que tem mais peito e bunda.Aqui a anorexia não é um assunto muito popular, conhecido nem entendido.Todo mundo acha que anorexia são "pessoas muito magras", acham que é só o que podem ver.Você não pode ver anorexia, ela se esconde muito bem.Há pouquíssimos documentários.Os que têm, só mostram que a anorexia existe e que mata.

Eu quero muito estudar neurologia e psciquiatria para poder estudar a fundo doenças mentais desse tipo.Quero desenvolver um tratamento de verdade, já que não há "cura".Nos documentários de clínicas que vi, tratam o paciente totalmente errado.Eles focam para forçar as pacientes a comer e ganhar peso, o que pode piorar muito a situação, levando a uma séria depressão, porque elas se odeiam ainda mais por estarem engordando.Anorexia não é uma anemia, que se trata com nutrientes, é uma doença mental, que se trata com tratamento pscicológico em primeiro lugar.
A única clínica que chamou minha atenção, foi uma não lemrbo aonde, mas que deu uma reportagem no SBT, que a mulher trata todas as suas pacientes com muito amor e paciência, indo direto no foco da doença.Sem forçar a barra nem nada.Dava pra você sentir ela irradiando amor para aquelas meninas, que com 21kg precisavam ser carrergadas.
Achei esse documentário, que também conta com depoimento da mãe da modelo brasileira Carolina Reston que morreu de anorexia há alguns anos.


Quanto ao desafio, fui um fracasso no primeiro dia.Hoje comi um pouco de brócolis,tomate,pepino e agora de noite tomei dois copos de leite desnatado e uma maçã pequena.Depois mais um copo de leite de soja e foi isso.Quero fazer um NF amanhã, mas não sei se devo...Talvez coma só uma maçã e uns copos de leite.
Ganhei um ovinho da minha professora de pilates, no total são 260 kcal.Não achei calórico então guardei pra páscoa, onde pretendo comer umas 1000 kcal no máximo, depois fazer NF.
Aqui uma foto da minha modelo preferida: Abbey Lee Kershaw

6 comentários:

  1. Siim, salvou meu dia hoje, espero amanha ter outra novidade!! Tambem odeio os padrões de beleza que temos por aqui, minha família me recrimina por eu querer algo diferente do que eles acham bonito... Fica calma, nao foi tão ruim assim. Eu particularmente nao consigo fazer nf, quem um super lf nao funciona melhor pra ti?
    Força aí flor
    Beejos

    ResponderExcluir
  2. Desculpa meu equívoco flor. Interpretei mal.

    Eu tbm adoro ver os documentários sobre anorexia e outros T.A's e vc disse tudo, os tratamentos não são eficazes, por isso não há "cura", fazem da forma errada. Eu vi tbm esse documentário que passou no sbt e achei muito bom ^^

    ah!eu faço faculdade de Psicologia e acho bacana sua atitude de querer ajudar outras meninas ^^

    Bejuh flor e muita força no desafio!!

    ResponderExcluir
  3. Ah!e sobre o padrão de beleza brasileiro, eu detesto, acho nojento. As americanas são lindas e magras, esse padrão eu adoro...rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Também passei o meu domingo a ver documentários sobre isso. Não que queira chegar a um extremo, mas acho interessante ver. E tens razão, faltam documentários na nossa língua... há inúmeros em inglês!
    Força no desafio! Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Tbm vi o doc. do SBT, um dos melhores.
    Adorei o NOME dessa modelo q vc postou, Abbey Lee Kershaw.

    Como assim "fracasso"? Vc foi ótima hoje! Comeu tão pouco... Se isso é fracasso, imagino quando for certo :P

    Beijo linda

    ResponderExcluir
  6. O Babi ,obg pelo apoio!É isso mesmo que eu não quero, cair feio e jogar fora todo meu esforço!Concordo com a Thalita,isso não foi um fracasso!Só ter força que rapidinho vc recupera o foco!Adorei esse documentário,pela primeira vez eu vi um que diz realmente o que acontece!Beijos,se cuida!

    ResponderExcluir