quarta-feira, 25 de abril de 2012

Ana no meu passado

Este blogger louco fez duas postagens, não queria apagar por causa dos comentários, significam muito pra mim!Estou usando a versão antiga, achei muito confusa a nova...sempre uso versão alfa dos sites quando está disponível.Mas enfim.

Ando muito atarefada, cheia de provas, de compromisso, trabalho,etc.E não consigo me situar em nada disso!Estou perdida porque estou em um tempo e o mundo em outro, muito mais acelerado.Faz tres semanas que estou tomando o remédio mas ainda estou muito deprimida, sempre pensando "gostaria de não estar aqui agora", "eu poderia morrer agora", porque se eu tivesse um botão de "sumir" com certeza eu apertaria.Acho que vou voltar a escrever diário.Assim quando precisar vou saber o que estava sentindo en tal época.Tenho vários de quando eu tinha 10 anos, e por eles eu pude constatar uma menina desenvolvendo depressão.

Tive duas compulsões seguidas,segunda e terça.Comi como se não houvesse amanhã.Eu gostaria de ser leve, que o vento me carregasse, gostaria de não ficar apavorada diante da comida,simplesmente ignorá-la.As vezes penso que gostaria de ser qualquer outra coisa: um passarinho, uma personagem de desenho animado, até uma árvore.Algo ou alguém que fosse perfeito sem tentar.Algo leve, feliz, inocente, livre de preocupações, livre de todas as desgraças que o ser humano carrega consigo.

Fico analisando se a ana já esteve em mim no passado.Eu sempre fui magra quando criança,principalmente com 10 anos, lembro de poder ver meu íleo, e AMAVA ser magra, sempre amei magreza, mesmo sem perceber.Ficava mal porque minhas amigas eram mais magras que eu, e se eu pudesse ser mais magra, seria.Então quando eu comecei a me tratar pra depressão, com 13 anos, eu comecei a comer muito mais (eu sempre comia pouco,não cabia muito em mim,duas garfadas e estava cheia, diziam que eu comia como passarinho) mas nessa época eu mal sabia o que eram calorias, carboidrato, como a gente engorda,etc.Ficava nervosa,ansiosa e descontava no leite condensado, tomava duas latas por semana!Comia muita panqueca no almoço, só coisas calóricas.Fui engordando, engordando, até que minha calça 34 não serviu mais.Mas nem notei, achei que havia "crescido".Depois de um tempo comecei a reparar como estava gorda.O espelho mostrava alguém diferente do que eu estava acostumada a ver.Então começou...

11 comentários:

  1. A ideia dos diários é muito boa flor, ajudam a nos avaliar depois. Tbm sempre tive uns pensamentos assim, sempre me achei mais gorda que as outras meninas e minha mãe me diz que eu sempre fui uma menina triste e muito pensativa. Acho que a ana já estava comigo de certa forma, é difícil definir uma hora ou momento em que isso acontece.
    Só espero que vc esteja bem, na medida do possível e quando pensar em morrer fala comigo?Podemos fazer esse trato?O que achas?Pense bem e me diga depois.
    Bejuh e muita força minha flor, se cuida.

    ResponderExcluir
  2. :/ meio triste tudo isso.
    Espero fique tudo bem. O diário é uma boa, escrever é uma forma de colocar o q ta ruim para fora.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. O remédio que está tomando é pra depressão, flor? Alguns demoram um tempo pra fazer efeito, mas tenta se controlar, faz mal pensar assim. Eu espero que você fique bem.

    ResponderExcluir
  4. Oi querida, triste o que escreveu mas com certeza a verdade de muitas de nós. Se vc se identifica mais com diários, siga em frente, talvez se sinta melhor escrevendo tudo. Conte comigo sempre.

    ResponderExcluir
  5. Nossa Babi , seu corpo deve estar lindo *-*
    Eu queria pesar o que vc pesa e eu tenho exatamente a mesma altura , porem sou exatamente 55 kilos mais gorda que vc :/
    Vou conseguir :D

    Doll , não fique triste oks?
    As coisas passam.

    Espero que de tudo certo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Começou a tomar remedio a pouco tempo ne? n se preocupe , demora um pouco ate fazer efeito e achar a dosagem certa... mas depois vc fica bem melhor(experiencia propia)... tbm fazia muito diario quando mais nova, e sinto falta... queria voltar a escrever.... mas n tenho tanta diciplina como porstar no blog =S
    Forças lindona te adoro!
    Bjão da Alê

    ResponderExcluir
  7. Hum também gostaria de saber que remédio que está tomando.Eu sei bem como é sentir vontade de desaparecer.Eu acho uma ótima ideia vc voltar a escrever diários assim vc expressa o que está sentindo e tudo mais,eu escrevia também mais um dia minha mãe o leu inteirinho e depois desse dia nunca mais escrevi,fiquei com muita vergonha da minha mãe pelas coisas que escrevi.Vc descreveu oque exatamente eu queria ser só queria ser feliz e inocente,quando lembro do passado machuca.Ao contrario de vc sempre fui uma criança gorda que comia mesmo não cabendo mais nada no estomago.
    Beijos guria,ótimo saber de vc

    ResponderExcluir
  8. Acho q pelo fato de ser Ana, sempre davam sinais nos passado.
    Mais fiqe bem, nao deixe q esse desejo de morrer te afete flor.
    Se cuida, bjooos.

    ResponderExcluir
  9. Com o tempo descobrimos cada coisa sobre nós... Eu achava que era ana a 2, 3 anos, vi que ajo assim desde os 11, mas só depois que notei...

    ResponderExcluir
  10. Não amiga, falta ainda um bocado pra acabar tudo HUIEAHIUHEIUAHUEAIEH ela é muito longaa HEAUIHEUAHEHEAU so foi a primeira parte do Real diet =S
    quem me dera =P
    Bjão

    ResponderExcluir
  11. Nada acontece de uma hora para a outra. Até chegarmos à fase de transtornos alimentares, existe uma série de factores desencadeantes da nossa insatisfação para connosco.
    Notei-te muito triste neste post flor, não fiques assim, ok? Beijinho :)

    ResponderExcluir